Educadores de Infância
1.º Ciclo
Português
Inglês
Francês
Matemática
Ciências Físico-Químicas
Biologia / Geologia
Ciências Económico-Sociais
Informática
História
Psicologia
Filosofia
Geografia
Educação Visual e Tecnológica
Educação Física
Ciência Política
Contactos

Netprof
Rua da Restauração, 365
4099-023 Porto

E-mail: assistente@netprof.pt
Interdisciplinas | Fichas Interactivas | 11.º ano | Português

Poesia de Cesário Verde
 

De Tarde

Naquele "pic-nic" de burguesas,
Houve uma cousa simplesmente bela,
E que, sem ter história nem grandezas,
Em todo o caso dava uma aguarela.

Foi quando tu, descendo do burrico,
Foste colher, sem imposturas tolas,
A um granzoal azul de grão-de-bico
Um ramalhete rubro de papoulas.

Pouco depois, em cima duns penhascos,
Nós acampámos, inda o Sol se via;
E houve talhadas de melão, damascos,
E pão-de-ló molhado em malvasia.

Mas, todo púrpuro a sair da renda
Dos teus dois seios como duas rolas,
Era o supremo encanto da merenda
O ramalhete rubro das papoulas!


Cesário Verde, "Obra Completa de Cesário Verde", 8.ª ed., Ed. Livros Horizonte, 2003

 
1 - Qual das estrofes apresenta o relato da situação de uma mulher colhendo um ramo de papoilas?
A) primeira estrofe
B) segunda estrofe
C) terceira estrofe
D) quarta estrofe
2 - Qual dos seguintes vocábulos não pertence à área semântica de “campo”?
A) “burguesas” (v.1)
B) “burrico” (v.5)
C) “granzoal” (v.7)
D) “papoulas” (v. 9)
3 - No poema verificamos o predomínio do
A) presente do indicativo que atribui à acção narrada um carácter actual e do pretérito imperfeito do indicativo, emprestando a essa acção um certo cariz durativo.
B) pretérito perfeito do indicativo que atribui à acção narrada um carácter concluído e passado e do pretérito imperfeito do indicativo, emprestando a essa acção passada um certo cariz durativo.
C) futuro do indicativo que atribui à acção narrada um carácter posterior e do pretérito imperfeito do indicativo, emprestando a essa acção um certo cariz durativo.
4 - O vocábulo “pic-nic” (v.1) é
A) um galicismo.
B) um anglicismo.
5 - As fortes cores azul e vermelha, os tons de amarelo ou dourado, bem como a cor branca da renda e dos seios emprestam a este texto a coloração necessária para se estabelecer a analogia com uma aguarela.
A) verdadeiro
B) falso
6 - Entre os versos 6 e 8 existe
A) uma enumeração.
B) um hipérbato.
C) um eufemismo.
D) uma hipálage.
7 - Qual o recurso estilístico presente nos versos 11 e 12 com vista a reforçar a feição narrativa/descritiva do poema?
A) enumeração
B) sinédoque
C) quiasmo
D) pleonasmo
8 - Qual o recurso estilístico presente no verso 14 (“Dos teus seios (…)”) que surge em representação do corpo feminino, aqui alvo de exaltação e admiração?
A) gradação
B) anáfora
C) antítese
D) sinédoque
9 - Há um acumular de sensações visuais, gustativas e tácteis que se cruzam através do emprego sucessivo de
A) sinestesias.
B) aliterações
C) anástrofes.
D) alegorias.
10 - Apesar de se tratar de um texto lírico, sobressai a vertente narrativa, na medida em que nos é contado um episódio.
A) verdadeiro
B) falso
11 - A natureza é descrita em função da mulher, permitindo, de uma forma objectiva, realçar a sua presença.
A) verdadeiro
B) falso
12 - Qual é o verso que estabelece a ligação entre o poema e a linguagem pictórica?
A) “Naquele pic-nic de burguesas”
B) “Houve uma coisa simplesmente bela”
C) “E que, sem ter história nem grandezas”
D) “Em todo o caso dava uma aguarela.”
13 - Para além da linguagem pictórica, o texto sugere uma certa musicalidade.
A) verdadeiro
B) falso
14 - Todo o conjunto de sensações visuais/cromáticas reforça o aspecto pictórico do poema, de cariz marcadamente
A) romântico
B) impressionista.
C) clássico
D) neo-realista
15 - Ao nível da estrutura interna do texto, podemos encontrar
A) dois momentos distintos.
B) três momentos distintos.
C) quatro momentos distintos.
D) cinco momentos distintos.
16 - O tema do poema é a lembrança de um “pic-nic”.
A) verdadeiro
B) falso
17 - O assunto do poema é a recordação de um momento passado em que, num “pic-nic”, o apanhar de um ramo de papoilas e a sua colocação num decote rendilhado o torna singular e esquecível.
A) verdadeiro
B) falso
18 - Este poema é composto por quatro quadras de versos
A) decassilábicos.
B) eneassilábicos.
C) hendecassilábicos.
D) dodecassilábicos.
19 - O poema apresenta
A) rima cruzada, emparelhada e grave em todos os versos.
B) rima cruzada, grave em todos os versos.
C) rima cruzada, grave e consoante em todos os versos, excepto nos versos 9 e 11 em que a rima é toante.
D) rima emparelhada, grave e consoante em todos os versos, excepto nos versos 10 e 12 em que a rima é toante.
20 - A rima é
A) rica nos grupos de versos 2 e 4, 6 e 8, 10 e 12, e pobre nos restantes casos.
B) pobre nos grupos de versos 2 e 4, 6 e 8, 10 e 12, e rica nos restantes casos.
C) rica nos grupos de versos 6 e 8, 10 e 12, e pobre nos restantes casos.